Comprar a parte de um de 3 sócios de uma pizzaria

Durante o mês de setembro 2013, o blog abrirá espaço para comerciantes que querem compartilhar experiências sobre compra e venda de lojas e pontos comerciais em Curitiba.

Hoje a pergunta do dia é de “Carolina Miranda”.

Boa dia sr Michel,
Eu me encontro no cenário seguinte. Estou pensando em comprar a parte de um de 3 sócios de uma pizzaria. Tenho essa oportunidade, mas não sei dizer se vale a pena. Gostaria de valorar quanto vale esta parte. Não apenas isso, como verificar se o investimento nessa pizzaria vale ou não, do ponto de vista financeiro. Os atuais sócios disseram para mim que o faturamento médio mensal passa dos R$120.000,00. Eles me informam que a margem de lucro é de 15%. Sei que não se trata da compra de um ponto comercial, mesmo assim o senhor pode me ajudar me dando uma orientação ?

A idéia para mim entrar com investimento nessa empresa, é poder em breve aumentar o faturamento para R$250.000,00. O plano de negócio para conseguir isso com os 2 outros sócios, é abrir unidades dedicadas para entrega (delivery) em diversos bairros de Curitiba. Estou ciente que comprar a parte de um sócio necessita alguns cuidados para não entrar numa fria. No estudo de viabilidade que precisa fazer, são 2 coisas diferentes: valorar a situação atual atravês de uma projeção financeira, como também incluir o meu próprio investimento que deve gerar receitas adicionais com o novo atendimento em delivery. Como faço para colocar essas expectativas de receitas numa planilha só ?

Agradecimentos,
Carolina Miranda

Bom dia D. Carolina ! Obrigado por sua mensagem. A sra precisa mesmo de uma planilha Excel para simular tanto a situação atual quanto o crescimento futuro do faturamento devido ao seu investimento e à abertura das unidades para devivery de pizzas. Vou lhe mandar os detalhes do cálculo em breve, mas precisa que a sra tenha acesso aos detalhes do faturamento. O sócio da pizzaria que está lhe vendendo a cota dele lhe dar acesso a esses valores.

Com a avaliação, a sra terá uma noção do valor econômico da pizzaria. Não esquece também a base quanto se faz diagnóstico de empresa, que é valorar o estoque, mobiliário e equipamentos (os ativos tangíveis). No hipotese do investimento, a sra se tornará também proprietária desses ativos, a altura da quota que comprará do sócio que vende. Em seguida deverá somar o valor dos ativos atuais à projeção financeira feita na base do seu investimento, para chegar ao valor total da empresa.

A sra não mencionou o percentual das cotas do sócio que lhe vende a parte dele. Por exemplo se a parte do sócio na pizzaria for de 30%, você poderá calcular quanto será seu, no valor total da pizzaria.

É isso aí, Carolina ! Vamos nos falando na seqüencia? Beijos.

Outra palavra-chave: faturamento pizzaria. Você também quer fazer sua pergunta?

Estou novamente abrindo o espaço FAÇA SUA PERGUNTA! Basta clicar aqui e pre-encher o formulário anonimamente. Caso sua pergunta já tenha sido feita antes, talvez já haja uma resposta no espaço varejo. Você pode também enviar uma sugestão de postagem para mim, de repente eu escrevo mais um artigo que pode beneficiar a todos os lojistas que frequentam meu website.

Michel Campillo Michel Campillo, consultor empresarial
Tel: (41) 3015-0705   Cel: (41) 9947-7668
Email:
Redes sociais adicionar!

Ler outros artigos sobre varejo.

Diversos

Varejo Fale comigo Empresas Livros BizAgi BPM Modeler

Consultoria

Sua empresa cresceu ultimamente et você não consegue mais controlar os custos? Implemente as metodologias TCM, BPA, CRM e WPM!

Contato

Meu serviço de consultoria em Softwares de Gestão & Processos de Negócio atende as Pequenas e Médias Empresas da Região metropolitana de Curitiba, Paraná.

Telefone: (41) 3015-0705
Celular: (41) 9 9135-3323 VIVO
E-mail: Contato