Falta de treinamento marca a inauguração da Louis Vuitton

A segunda loja da grife Louis Vuitton no Rio de Janeiro, localizada no novo Village Mall na Barra, foi inaugurada na noite dessa terça-feira.

Uma loja linda, produtos bem apresentados e um coquetel na medida. No entanto, ao que parece, o grupo esqueceu o principal, ou melhor, o foco, para uma grife que se diz de luxo: treinamento, treinamento e treinamento! Os funcionários tinham um olhar perdido e pouco se interessavam em atender clientes. Em terras de cabeças coroadas poderia se até dizer que estavam com o olhar de Rainha da Inglaterra. Mas esse não é o nosso caso, não é? Então, fica a pergunta: Para que se faz um investimento dessa magnitude, se a mola propulsora de um negócio não foi bem montada. Já na entrada, os seguranças – mal encarados – praticamente o convidavam para não entrar e no interior ninguém sabia ao certo nem do que se tratava o produto ali exposto. E na saída, um até logo já seria até querer demais. Sei não, mas essa loja me faz lembrar o antigo Mac Donald´s da terra encantada, o primeiro do mundo a fechar suas portas…É esperar para ver!

Victor Feldmann

Compartilho da sua impressão mas a sensação que eu tenho é que esse tipo de atendimento 'blasé-sonso' é um pecado que muitas lojas de alto-padrão parecem fomentar. Sinceramente, não sei o que passa pela cabeça de um funcionário que vive de comissão adotar esse tipo de comportamento, só posso crer que eles recebam essa 'orientação'. Mas enfim, entre comprar no tal Village Mall que se intitulou como polo do consumo classe A, prefiro pegar o avião até SP onde sou muito melhor atendido. Classe e Educação deveriam ser premissas elementares, para qualquer classe social, diga-se de passagem.

Maria Carolina Medeiros

Vc está coberto de razão. Abri uma empresa de cliente oculto non Rio justamente porque, como consumidora, cansei de ser mal atendida em vários segmentos, mesmo os de luxo. Por conta da profissão, acabo sendo ainda mais crítica e tenho a mesma opinião que vc, mas não somente em relação a LV e sim de maneira geral: parece que se torra todo o orçamento em obras e divulgação, mas quando os clientes vão até o local, têm vontade de nunca mais voltar... gente, invistam em pessoas!!

Drica

Bom dia, como vai? Aqui nos Estados Unidos e a mesma coisa. O atendimento e pessimo tambem. Logico, nao estou querendo generalizar. Eu mesma ja perdi as contas de quantas vezes fui mal atendida em lojas como Macy's, Lord&Taylor, Neiman Marcus e LV. E levando em consideracao, que aqui se voce e estrangeira(o) com caracteristicas de latino a coisa so piora, pois la vem os estereotipos. Pobre, faxineira, garcon e sem dinheiro.

Mafuá Chique

Estive lá no mesmo dia para a inauguração da Le Lis Blanco, que ao contrário, tinha um atendimento bem interessante para um início tão turbulento..pessoas como eu, que chegaram sujas..pois o elevador estava completamente empoeirado..Acho que em matéria de atendimento, estamos bem distantes do que pode ser apenas, bom. Conhecimento dos produtos, tipo de material, etc..aí é quase impossível..Enfim, vamos torcer para que sejamos tratados pelo menos com respeito.

Priscilla

Em geral o Rio de Janeiro é uma vergonha no quesito atendimento ao público...Mas falando em Louis Vuitton, estive essa semana na loja de Lisboa e tb fui muito mal atendida, a vendedora não queria vender mas eu queria muito comprar...Sorte dela, azar do cliente!

Luis A. Cardoso

Então meu amigo o triste é que não contratam vendedores de fato e sim pseudos vendedores que acham que a marca vende por si só, o tratamento com o cliente esta em quinto plano onde esquecem que o principal é vender......O triste é que aqui no interior Ribeirão Preto o mesmo acontece com a inauguraçao da Daslu a loja ficou linda mas o atendimento deixa a desejar fica uma sensação de como fosse um favor vender pra você.... o triste é que num mercado tão competitivo o futuro dessas lojas ja sabemos.......

José

Terça-feira estive no shopping por conta de alguns convites para coquetéis em algumas lojas, pude reparar vários problemas em apenas 1 hora no Village Mall. Primeiro - Shopping sem estar terminado, faltando solteiras, pintura, piso no terceiro andar, sujo, etc. Segundo - Funcionários totalmente despreparados (moças do sac para "ajuda" não sabem onde ficam algumas lojas, não sabem que o concierge, sac e administração não foram inaugurados, falta de guiches para pagamento do estacionamento, tendo que descer 2 pisos para efetuar pagamento, perguntei ao segurança o que tinha no terceiro piso, não soube informar, respondeu "acho que são cinemas. Terceiro - Elevadores com defeito, inclusive ficando presenciei o elevador próximo ao nível lagoa que não abriu a porta durante alguns instante. Quarto - Absurdo uma inauguração, com tanta divulgação em excelência em shopping, top top top e fazerem isso tipo de inauguração. É lamentável, espero que corrijam os erros e apareçam com um Shopping como realmente foi vendido e divulgado. PS. É absurdo cobrarem estacionamento com tantas lojas fechadas, com tantos problemas no Shopping e ainda por cima ter que sair de uma ponta do shopping até a outra somente para efetuar o pagamento daquilo que não se possa usufruir.

Antonio II

Ótimas observações.Creio q a "marca" fará o q deve ser feito. Abraço,Kämpffe

Andrey

Olá! É caro ... muitas vezes, a assessoria esquece de coisas básicas... de que adianta gastar bem na estrutura, decoração, recepção etc, se o pessoal que trata diariamente com o consumidor, não veste a camisa da maca/empresa... neste tipo de negocio (Luxo), é necessário amar o que faz, ser bem remunerado (afinal é luxo - pode-se pagar melhor), aprender a mimar o cliente exigente, etc... Well sorte p/ todos!

Fernando Dias

As aulas, palestras, cursos, whorkshops existentes para o varejo só informam e não capacitam. Nosso varejo está muito fraco em treinamento...

Wagner silva

Sou gaúcho e fico apavorado com mal atendimento do Rio de Janeiro,tanto e lojas e restaurante,gente mal qualificada e sem menor noção de conhecimento do produto (explicar).

Jorge Silvério Schavnner

Várias marcas estÃO ficando conhecidaS por Esta postura,inFelizmente. Uma vez ouvi DE uma amiga uma históRia de arrEpiar : foi numa loja famoSa e Nem adentrOu à loja e já foi receBido por vendEdora Sem a menor eDucação E que ainda por ciMa sE negou a lhe daR o nome, quanDo disse que iriA fazer uma reclamação formal à direção D a loja.

Flavia

É por isso que só entro e só compro nas lojas de luxo no exterior, onde não tenho vergonha de entrar só para dar uma olhadinha e não sou mal tratada, nem olhada de cima a baixo e acabo comprando...em SP o atendimento de tudo, até nos restaurantes é melhor...

Marcelo Schultz

E' nao ta' fácil pra ninguém...o problema e' que no RJ , a mao de obra esta' escassa,e alem disso , a nova geração e' burra que doi....so usa o computador para as redes sociais. Comunicacao,RP,sorriso no rosto viraram" desnecessário" nao so' na Louis Vuitton, como em diversaaaaaaas lojas no RJ,isso e' fato...mao de obra desqualificada,gte mal educada,etc...depois reclamam do desemprego....DUVIDO que em SP isso aconteceria....como diz Seu Jorge"Viva a ALIENACAO CARIOCA..."

Leonardo M. Pinto

Infelizmente as pessoas não entendem que servir é nobre, não é algo que diminui ninguém! Então que façam seu trabalho com competência e dedicação, principalmente quando se trata de uma grife tão conceituada!

Thais

Era de se esperar mesmo...

CAROL

Pessoal, A gerente da LV é ex gerente da C&A... Simples assim! Absolutamente nada compra a C&A, toda loja tem seu público. Mas, sinceramente, como colocar no COMANDO de uma loja de luxo, recém inaugurada, uma garota que não entende NADA da marca, NADA de luxo... E ainda por cima sem treinamento!!! Deu nisso! Vergonha total! Vergonha alheia! Ainda bem que não perdi meu precioso tempo indo a esta inauguração vexatória. LV no Brasil, com o mínimo de bom atendimento (nada excepcional, tá?), só no Shopping Cidade Jardim... A LV do Iguatemi também é bastante precária... Já a da Garcia D'Avila as vendedoras não sabem nada dos produtos... Enfim, um show de horrores!!!!

Cleber Olliver

Ah, qual e' gente, k planeta vcs vivem?? Ate parece k o atendimento aki na Europa or U.S.A is diferent!! O pessoal k trabalha pra essa grifes se acham os tal seja ai no Brasil ou em qualquer parte do mundo. E I'm sorry to say that but even worse in Paris!! Pronto falei!

Edna Freitas

Várias lojas de Griffe no RJ atendem muito mal. Fora a falta de treinamento, acredito que salários e comissões devam ser péssimos para tanta falta de interesse.

Fatima Martins

Treinamento NÃO EXISTIU , tratamento ZERO , não sabem nada da marca e como se fosse uma marca que começou ontem. Uma vergonha para o Rj Gostaria de saber o nome do responsável que autorizou abrir a loja sem nenhuma condição. PRONTO FALEI

Saad Zahad

Por esses e outros motivos que comprar produtos "caros" no Brasil está cada vez mais difícil. É muito mais fácil e "barato", para quem tem condições, fazer uma viagem aos EUA como uma forma de lazer e uma oportunidade para novas aquisições. Eu gostei da notícia, não porque quero que o negócio dê errado, mas, são "gafes" empresariais como essas que podem ajudar, via repercurssão, aos empresários que tem que acordar urgente!

Tamima Saade Valente

Sinceramente é uma tristeza ler isso... Mas vc tem toda razão, é um absurdo uma loja dessa grandeza não ter pessoal muito bem treinado. Infelizmente ta virando moda o péssimo atendimento em algumas lojas do Rio... Uma pena!!!

Maria Luiza Nobre

É uma pena,é por isso que é bem melhor comprar em Paris,onde o atendimento é sempre fantástico.Aliás em São Paulo ,no Shopping Iguatemi,o atendimento é muito bom e na Garcia também.

Lia

Quem trabalha com público aqui no RJ acha que é favor atender bem e não uma obrigação. Se você aceita uma proposta na qual lida com público, deve atender bem e isso é um diferencial enorme aqui no RJ. Então, vai fazer outra coisa, oras.

val ferreira

Concordo acho que falta treinamento e um pouco de simpatia na cidade maravilhosa!!

Jonnas Olliveira

Infelizmente, bom atendimento é algo raro aqui no RJ, isso eu constatei quando vim passar férais em 2009 e 2010, em copacabana o atendimento não é o que um turista espera. Como trabalho em uma empresa que prima p/ bom atendimento aos clientes, estou sempre a observar o bm atendimento, que tem sido raro tanto em ambientes de ponta, e tbm nos mais singelos. Eu por trabalhar direto c/ o público, procuro sempre ser prestativo e simpático, pois qdo não estou trabalhando, normalmente sou cliente e sei mto bm com as pessoas gostam de ser tratadas, um sorriso, a palavrinha por favor fazem toda a a diferença, aos que lidam c/ o público. Estou seriamente pensando em criar uma empresa p/ ministrar cursos p/ ensinar como encantar clientes, pq aqui no RJ, poucos o fazem!

Daniela Tavares

Lamentavelmente o Rio de Janeiro está ficando famoso por mal atendimento. É uma pena esse comportamento displicente que vemos em quase todos os lugares...

Publicado dia 05 de Dezembro de 2012

Gostou da matéria? Venha ler outros artigos e compartilhe nas suas redes sociais:

Twitter Compartilhe no Twitter
Facebook Compartilhe no Facebook.
Linkedin Me procure no Linkedin.
Foursquare Também uso o Foursquare.
Slideshare Também uso o Slideshare.
Scribd Também uso o Scribd.

Permalink: 

Diversos

Varejo Fale comigo Empresas Livros BizAgi BPM Modeler

Consultoria

Sua empresa cresceu ultimamente et você não consegue mais controlar os custos? Implemente as metodologias TCM, BPA, CRM e WPM!

Contato

Meu serviço de consultoria em Softwares de Gestão & Processos de Negócio atende as Pequenas e Médias Empresas da Região metropolitana de Curitiba, Paraná.

Telefone: (41) 3015-0705
Celular: (41) 9 9135-3323 VIVO
E-mail: Contato